Polícia de Macau sob o comando do Major Fernandes prende assaltantes que roubaram loja de celulares no calçadão

05/06/2014 20:12

No Início da tarde de hoje, 05/06/2014, a Polícia Militar de Macau sob o comando do Major Fernandes  realizou a prisão dos indivíduos acusados de participação no assalto da loja Mega Cell localizada no calçadão, no centro de Macau.

Desde o assalto que o setor de inteligência da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar de Macau tentava localizar os assaltantes, já era sabido no entanto que os acusados provavelmente não eram da cidade de Macau.

Um dos acusados trata-se de Carlos Adriano da Silva, 35 anos, natural de Pendências o mesmo foi autuado em flagrante pelo crime de receptação, o acusado foi preso na cidade de Alto do Rodrigues, num bairro conhecido como "Língua de Vaca" pelo Sgt Leonez, após o Major Fernandes ter informado ao mesmo que Carlos Adriano estava de posse dos celulares roubados da loja Mega Cell.

Ao ser preso pelo Sgt Leonez, Carlos Adriano pediu a sua esposa que pegasse os celulares roubados que estavam guardados em sua casa e entrega-se a polícia.

Carlos Adriano informou que adquiriu os aparelhos da pessoa chamada Weskley Juny de Oliveira Gregorio, 22 anos, natural de Macau pela quantia de R$ 2.000 e que faltava pagar a Weskley a quantia de R$ 200.

De posse dessas informações foram realizadas diligências com intenção de capturar a pessoa de Weskley e ao ser pego pela Polícia Militar foi encontrado também um revólver calibre .38 provavelmente usado no assalto.

 

Weskley é acusado de ter praticado o assalto, juntamente com outro indivíduo ainda não capturado que terá sua identidade preservada para não atrapalhar as investigações.

Foi detido também a pessoa de Francisco Alex Sandro Rodrigues de Araújo, 45 anos, que admitiu ser o mentor intelectual do assalto. O mesmo tramou todo o assalto, além de tentar vender os produtos roubados em Natal e ter levado os aparelhos para a cidade do Alto do Rodrigues, Francisco Alex Sandro é acusado também de ter sido o motorista no dia do assalto.

Tanto Weskley Juny quanto a pessoa de Francisco Alex Sandro são amigos do dono da loja Mega Cell, tendo por diversas vezes frequentado a loja.

No assalto foram levados além de celulares e outros objetos eletrônicos a quantia de R$ 1.200. Os assaltantes chegaram armados e renderam o proprietário da loja e fizeram um verdadeiro rapa nas prateleiras.

Todos foram encaminhados para a 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil para os procedimentos legais cabíveis.


 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!