PMs e bombeiros do RN desistem de greve após acordo de reajuste de 32%

27/05/2014 02:36

Decisão aconteceu após reunião no Centro Administrativo nesta segunda. Reajuste será implantado em quatro parcelas até março de 2016.

 
A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte desistiram da greve marcada para esta terça-feira (26) após receberem uma proposta de 32% de reajuste salarial do Governo do Estado. O valor será reajustado em quatro parcelas até março de 2016. A decisão foi tomada em assembleia após reunião com representantes do governo, que pediu como contrapartida a suspensão da paralisação.
 

 
O presidente Associação de Cabos e Soldados, Roberto Campos, considerou positivo o resultado das negociações. "Não só PMs e praças serão contemplados. O reajuste também inclui oficiais e inativos. Apesar dos contratempos, foi positivo. Lamentamos termos chegado a esse ponto", afirma.
De acordo com o presidente da associação, o governo deu um prazo de enviar o projeto do reajuste para a Assembleia Legislativa até quarta-feira (28). Enquanto o projeto não for encaminhado, os PMs e bombeiros vão permanecer acampados em frente ao Centro Administrativo, na zona Sul de Natal.

 
 
Os PMs e bombeiros do RN chegaram a paralisar as atividades por 10 horas no dia 22 de abril deste ano. Na ocasião a greve foi suspensa após o governo dar garantias de que a Lei de Promoção de Praças seria enviada à Assembleia Legislativa até o dia 1º de maio. O projeto foi aprovado na Casa Legislativa na semana passada.
 
Fonte da matéria: G1/RN

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!